Os serviços e materiais usados na construção civil ficaram mais baratos em abril, dentro do Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10), divulgado na manhã nessa segunda-feira, dia 17, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-10) registrou recuo de 0,02% no mês, após o avanço de 0,59% em março.

 

Já o índice relativo a Materiais, Equipamentos e Serviços teve uma queda de 0,04% em abril, ante uma elevação de 0,35% no mês anterior. O índice que representa o custo da Mão de Obra ficou estável (0,00%), depois do aumento de 0,79% em março.

 

Pressionaram a inflação do setor de construção em abril os gastos maiores com elevador (1,38%), ferragens para esquadrias (1,21%), metais para instalações hidráulicas (0,72%), portas e janelas de madeira (1,90%) e taxas de serviços e licenciamentos (0,76%).

 

 

Na direção oposta, ajudaram na contenção do indicador os itens vergalhões e arames de aço ao carbono (-3,32%), cimento Portland comum (-1,19%), tubos e conexões de PVC (-0,89%), aluguel de máquinas e equipamentos (-0,72%) e projetos (-0,36%).

FONTE: Obra24horas

Contato


captcha
Powered by BreezingForms

Localização


R. José Ferreira da Silva, 43 - Centro, Itajaí - SC ⁞ 88301-335 ⁞ 47 3046-6207